Projeto Apae Esporte é renovado com lançamento na Einstein

A APAE de Limeira renovou o Projeto Apae Esporte que conta com recursos captados por meio da Lei Paulista de Incentivo ao Esporte, do Estado de São Paulo, junto a SELJ – Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude do Estado de São Paulo, do Governo do Estado de São Paulo.

O lançamento ocorreu na última sexta-feira, 6 de dezembro, na quadra poliesportiva da Faculdades Integradas Einstein de Limeira.

Autoridades e alunos fizeram a abertura com o hino nacional e na sequência, realizaram várias atividades esportivas.

O Projeto contempla modalidades não olímpicas (Jogos e Brincadeiras; Atividade Sensório Motora e Ginástica para todos) e olímpicas (Ginástica Artística; Ginástica Rítmica; Atletismo; Basquete; Natação; Futsal; Tênis de Mesa; Tênis de Campo).

O maior objetivo é desenvolver o aperfeiçoamento das habilidades básicas que antecedem e viabilizam a iniciação esportiva.

O coordenador geral da Apae de Limeira, Fernando Mattos, explica que o Projeto conta com patrocínio de empresas conscientes sobre as necessidades do terceiro setor e comprometidas com a responsabilidade social. “Essas empresas fizeram destinações financeiras provenientes da renúncia de ICMS por parte do Estado, que abre mão de parte de sua arrecadação do imposto, para que as empresas possam investir diretamente esses recursos em projetos esportivos aprovados pela SELJ “.

Patrocinam esta nova etapa do Projeto as empresas Abilio Pedro Indústria e Comércio Ltda, Açucareira Boa Vista Ltda (Mais Doce),Indústria de Embalagens Santa Inês S.A., Microbiol Indústria e Comércio Ltda, Nacional Tubos Industrial Ltda e Nacional Aços Industrial Ltda.

 

“Estas empresas têm todo o nosso respeito e admiração, pois com este apoio financeiro, obtemos mais condições, principalmente técnicas, de oferecer às pessoas com deficiências intelectuais atividades esportivas como ferramenta de inserção social”, completou.

O trabalho conta com apoio técnico desportivo e uma equipe variada incluindo coordenador, professores de Educação Física, médico esportivo, entre outros, que viabilizam a ampla participação dos participantes em mérito ao referente desporto. São 38 turmas, totalizando 150 alunos atendidos.

A coordenadora do Projeto Denise Guimarães explica que são atendidas pessoas com deficiência intelectual nos graus leve, moderado e grave, e deficiências múltiplas associadas à deficiência intelectual. 

Entre seus objetivos, superar barreiras sociais, físicas, psíquicas e/ou afetivas são as mais importantes. “Todo esse suporte financeiro e técnico que o Projeto proporciona cria um ambiente propício para a inclusão dos alunos nas atividades esportivas presente na sociedade. As parcerias junto ao governo estadual e empresas são fundamentais neste trabalho que iniciamos em 2015”, finalizou Denise.