Parceria Solidária: corridas de rua são adiadas por causa da pandemia

 

 

O projeto Parceria Solidária nasceu para dar suporte e trazer união dos organizadores das corridas de rua promovidas pelas entidades limeirenses Associação de Reabilitação Infantil Limeirense (Aril), Associação Integrada de Deficientes e Amigos (Ainda), Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Limeira (Apae) e Associação Limeirense de Cuidado e Carinho (Alicc). 

Da mesma forma, em parceria, elas anunciaram que os eventos da AINDA, ALICC e APAE não irão ocorrer em 2020, como estava previsto e foi anunciado em janeiro deste ano. 

Após a realização da corrida da ARIL, em 8 de março, a pandemia do coronavírus paralisou o mundo, não diferente em Limeira. Até os dias de hoje, aglomerações são uma ameaça à disseminação do vírus. Por esse motivo e em comum acordo, após uma série de discussões sobre a viabilidade ou não de se realizar os eventos, os presidentes das associações decidiram adiar as corridas para o ano que vem. 

“Prezamos pela qualidade dos eventos e, especialmente, pela segurança dos atletas e por esse motivo, após muitas conversas, decidimos que neste ano, não haveria mais condições de promover o evento e ao mesmo tempo, zelar pela saúde de todos os participantes”, comentou Luiz Carlos Marquesin, presidente da APAE Limeira.

Um dos diferenciais da Parceria Solidária é que participando das quatro competições os atletas vão completar uma medalha em forma de mandala. Os participantes da corrida da Aril já possuem a primeira parte e terão a oportunidade de completar as medalhas em 2021. “A Parceria Solidária tem permitido o compartilhamento de ideias e tomada de decisões conjuntas e neste momento, é consenso o adiamento das corridas para momento oportuno” explicou Wanderlei Vieira, presidente da ARIL.

Fernanda Nolasco Lopes Varga, presidente da ALICC disse que assim como as demais entidades, a ALICC preza pela vida das pessoas. “Neste ano em especial, não poderíamos fazer as corridas por cuidar da saúde dos participantes, organizadores e população em geral. Mas em 2021 estaremos juntos”.

“A Parceria Solidária conseguiu unir os objetivos saudáveis das pessoas que gostam de participar de corridas de rua, com a solidariedade no apoio ao trabalho voluntário desenvolvido por cada entidade (ARIL, APAE, ALICC e AINDA). A mandala representa a união das entidades e, apesar de não ter sido completada nesse ano, em 2021, essa união será muito mais forte. Contamos com o apoio de todos”, completou o presidente da AINDA, José Geraldo Pena de Andrade.

A Parceria Solidária tornou possível não apenas a união das entidades na organização das corridas, mas estabeleceu ainda mais uma proximidade para que outras ações fossem desenvolvidas de forma conjunta, como lives, eventos online, partilhamento de doações, entre outras.

Agradecemos a todos os participantes pela compreensão, na certeza de que nos veremos em breve para as corridas que já se tornaram uma tradição esportiva no município. Agradecemos ainda a compreensão das empresas patrocinadoras que tornam esses eventos possíveis e o apoio da Prefeitura Municipal de Limeira.