Partindo-se da busca constante por melhorias nos processos de atendimento aos usuários, a montagem de uma unidade rural da instituição foi concretizada no ano de 2008 e pensada como estratégia de educação que sensibilize e conscientize para questões do dia a dia, como meio ambiente.
Somando-se ao conceito moderno de multifuncionalidade do espaço rural, este projeto visa não apenas a produção de matéria-prima e alimentos, mas também às funções: social, ambiental, recreativa e pedagógica.
Trata-se de uma visão mais abrangente do rural, onde os recursos naturais são utilizados frequentemente para a complementação do trabalho terapêutico, pois além de reabilitar pessoas para o convívio social, tem características educacionais e psicossocias, as quais são exploradas a partir de animais, árvores, açudes, usufruindo destes elementos para trabalhar a diferenciação de cores, movimentos sensórios-motores, atenção, entre outras questões essenciais para o desenvolvimento humano.

Leave a Reply

*