APAE Limeira

apae@apaelimeira.org.br

(19) 3404-1569

apae@apaelimeira.org

(19) 3404-1569

Abertura da SIPAT alerta para combate à dengue

A Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) da APAE Limeira deu início, na segunda-feira (21), à XI Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho (SIPAT), sob tema com a pergunta “Até que ponto você é responsável?”, visando melhorar o dia a dia dos funcionários por meio de palestras de conscientização. Neste primeiro dia, o tema apresentado tratou da importância da contribuição das pessoas no combate à proliferação dos criadouros dos mosquitos da dengue, a fim de evitar novas epidemias, como a que ocorreu entre 2014 e 2015.

Na abertura, o gerente geral da APAE, Fernando Matos enalteceu a aplicabilidade do evento dizendo que o conteúdo das palestras podem orientar as equipes no trabalho e em casa: “quando menos esperamos, o aprendizado nos ajuda”. O presidente da CIPA e um dos organizadores da SIPAT, Dirceu Aparecido Belançon, comentou que profissionais especializados nos assuntos de segurança, meio ambiente, saúde, tendem a ressaltar os temas que já são comumente tratados. “Como acontece anualmente, a SIPAT dá destaque aos assuntos e despertam a atenção dos participantes, por isso escolhemos as palestras de acordo com a necessidade”, disse Belançon.

A luta contra a dengue continua

Para o presidente, esta é uma das justificativas para se falar da dengue, e novas doenças relacionadas ao mosquito transmissor, dado o interesse público de erradicar tais ocorrências. Da Secretaria de Saúde de Limeira, o Educador em Saúde, Júlio Cesar do Amaral esteve presente informado o trabalho do Centro de Controle de Zoonoses no combate à dengue. Na ocasião, o palestrante informou que os casos registrados até o momento, de 73 casos de dengue e 1 (um) confirmado de zika vírus, demonstram que o trabalho feito tem surtido resultado, mas alertou que a população deve intensificar o cuidado com os focos de reprodução do mosquito.

“Em vista do ano passado, o número é menor neste ano, mas ainda encontramos muitos focos que poderiam ser eliminados, principalmente pelo despejo incorreto de lixo e entulho”, disse Amaral. Direcionando o alerta à instituição, o educador disse ser preciso atenção constante, devido ao grande número de alunos assistidos, que gira em torno de 700. Ele comenta que o ideal é que seja feita uma vistoria semanal, identificando se há pontos em que haja potenciais focos, ou seja, em que fique água parada, sendo ela límpida ou suja, tendo em vista que o ciclo de amadurecimento dos ovos até a fase adulto do mosquito leva apenas uma semana. “Os agentes fazem mutirões, mas a população precisa fazer a parte que lhe cabe”, acrescentou o educador.

Contudo, ao apresentar os sintomas clássicos de dengue, que se aplicam também ao zika vírus e chikumgunya, ou de dengue hemorrágica, deve-se buscar atendimento médico o mais rápido possível evitando a automedicação, tendo em vista a ocorrência de complicações e mortes caso seja administrado medicamentos não adequados aos tratamentos.

Desdobramentos de segurança e bem-estar

Nos próximos dias, até quinta-feira (24), novos temas serão abordados de forma a atualizar o grupo de trabalho da entidade. Nesta terça-feira (22), levando-se em conta o número dominante de mulheres que trabalham na APAE – de 135 funcionários,  95 são do sexo feminino – a palestra terá, a partir das 7h30, o tema sobre o aleitamento materno, com o objetivo de apresentar a interface da sociedade em busca de melhores indicadores.

Na quarta-feira (23), às 7h30, haverá ginástica laboral, no Pátio da APAE, com orientação de alimentação saudável no café da manhã. No último dia, encerrando o a semana de eventos, a SIPAT trará palestra sobre a importância em se utilizar os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) aos funcionários do projeto APAE Rural/Palete.

 

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Outras notícias